Imprimir Imprimir

Qual é o Foco: Ser ou Fazer?

h-um minuto com deus
“Não há boa árvore que dê mau fruto, nem má árvore que dê fruto bom… O homem bom do bom tesouro do seu coração tira o bem, e o homem mau, do mau tesouro do seu coração tira o mal.” – Lucas 6:43 e 45.

Vivemos num mundo onde o homem é valorizado pelo que produz. Tudo gira em torno da geração de resultados. As indústrias valorizam os operários mais produtivos, as empresas premiam os executivos que alcançam melhores resultados, as escolas reconhecem os alunos que tiram as melhores notas e assim por diante.

Num contexto onde o paradigma é enfatizar e valorizar os resultados, o mundo religioso vai pelo mesmo caminho. O foco da vida religiosa de muitos está no fruto, ou seja, nas obras que um homem consegue produzir. As pessoas que praticam boas ações e aparentemente não praticam o mal são consideradas pela igreja como sendo os bons cristãos. Nós mesmos nos consideramos bons cristãos quando praticamos algo bom e maus cristãos quando praticamos algo ruim.

Embora o mundo, a igreja e a maioria dos cristãos colocam o foco no que o homem faz, Deus atenta para o que o homem é. O verso de hoje mostra que a causa de nossas boas ou más ações é aquilo que somos por dentro. O que fazemos é apenas uma consequência natural, um resultado daquilo que somos. Um cristão fracassado é aquele que vive em função de seus atos. Podemos encontrar um cristão fracassado em dois extremos: Acusando-se e culpando-se pelos pecados cometidos ou orgulhando-se pelas boas obras praticadas. O foco deste cristão fracassado está nas obras.

Um cristão vitorioso concentra-se não no que ele é capaz de fazer ou produzir, mas no que ele é. “Ser” é a origem do “fazer”. “Ser” significa experimentar a transformação realizada pelo Espírito de Deus no interior da alma. “Ser” significa buscar constantemente a presença de Deus em sua vida. “Ser” significa viver uma vida de comunhão com o Pai e com o Filho. Quando formos cristãos verdadeiros, nosso foco não estará nas obras, mas em Cristo e surpreendentemente deste dia em diante produziremos bons frutos para a glória de Deus.

Eu te convido para que você focalize primeiramente o “ser” e não o “fazer”. Busque o Senhor hoje.

Oração: Amado Pai. Quanto tempo de minha vida cristã passei vivendo em função dos meus pecados ou me orgulhando por uma ou outra boa ação praticada. Quanto tempo vivi um cristianismo de fachada cujo objetivo era mostrar aos outros que eu era o que na verdade não era. Quero entregar-me completamente a ti hoje e pedir que complete em mim a obra de transformação que o Senhor iniciou. Quero colocar o foco em ti, buscá-lo com intensidade todos os dias, procurar estar mais perto do Senhor. Esteja ao meu lado hoje e sempre. Em nome de Jesus. Amém.

Deixe um Comentário