Imprimir Imprimir

Alegria da Salvação

h-um minuto com deus
“Restitui-me a alegria da tua salvação, e sustém-me com um espírito voluntário.” – Salmo 51:12.

O que nos deixa mais alegres? A vitória do nosso time no futebol? O fim de semana que se aproxima? Um delicioso prato de comida a nossa frente? Um filho que se destaca nos estudos? A aprovação no exame vestibular? Um aumento de salário? O início do período de férias?

Todos estes motivos de alegria desapareceriam se soubéssemos que a morte nos ceifaria deste mundo no dia seguinte. De fato, nada pode nos deixar alegres se estamos na eminência de perdermos a vida. A vida é o bem mais precioso que temos e sua manutenção é o maior motivo de alegria. Mas sabemos que nossa vida neste mundo é passageira. Rapidamente envelhecemos e nossas funções físicas começam a dar sinais de desgaste.

A certeza da vida eterna através da salvação conquistada por Cristo deve ser o motivo de maior alegria para o cristão. É por isso que o salmista ora: “Restitui-me a alegria da tua salvação”. O cristão não pode perder esta alegria. A cada momento de nossas vidas, a cada respiração, a cada batida do nosso coração devemos nos lembrar que fomos salvos por Jesus e viveremos eternamente com ele.

Apenas este sentimento de “alegria da salvação” é que poderá nos sustentar com um espírito voluntário, como diz o verso de hoje. Se Jesus nos deu a vida eterna, é nosso dever darmos nossa vida a ele.

Oração: Amado Pai. Grato sou pela alegria da salvação. Fico feliz ao contemplar o que Cristo fez por mim. Almejo usufruir esta vida eterna ao teu lado, Senhor. Anda comigo a cada dia e não permita que eu perca esta alegria. Quero ser um voluntário em sua obra, um servo fiel. Ajuda-me nas minhas limitações espirituais. Completa em mim a obra que iniciaste. Em nome de Jesus. Amém.