Imprimir Imprimir

O Cristão Fosforescente

h-um minuto com deus
“A candeia do corpo são os olhos. Quando, pois, os teus olhos forem bons, todo o teu corpo será luminoso; mas, quando forem maus, o teu corpo será tenebroso.” – Lucas 11:34.

Lembro-me quando pela primeira vez em minha infância tive contato com figurinhas fosforescentes. Eram adesivos em forma de pequenas estrelas de que colávamos no teto do quarto. Eu não entendia como aquelas figurinhas podiam brilhar no escuro. Mas sabia que depois de algum tempo a força do seu brilho diminuia. Era necessário acender a luz do quarto para que os adesivos fosforescentes fossem “carregados”.

O cristão pode ser comparado a uma destas estrelas fosforescentes. Quando olhamos para Cristo, estudamos a Palavra de Deus e oramos ao Senhor isto nos deixa “carregados” de luz. Então saimos para nossas atividades diárias, para nossos negócios, estudos e atividades seculares. Se logo pela manhã buscamos o Senhor vamos sair cheios de luz para este mundo espiritualmente escuro. Se não dedicarmos tempo para estar com o Senhor pela manhã, nossa luz não terá a mesma força.

Nós somos estrelinhas fosforescentes. Podemos brilhar no escuro, mas não temos luz própria. Sempre precisamos “recarregar” nossa energia. Quando tudo está bem não há diferença entre uma estrelinha carregada e uma não carregada. A diferença só será notada no momento da escuridão.

Olhe para o Senhor. Como diz Lucas no verso de hoje, que você tenha um corpo luminoso e não tenebroso.

Oração: Pai de luz. O mundo está cada vez mais escuro. A maldade do homem se multiplica na medida em que o fim se aproxima. Quero ser uma pequena fonte de luz na escuridão, Senhor. Mas para tanto necessito de Ti. Preciso contato constante contigo. Que meus olhos estejam sempre voltados para o Autor e Consumador de minha fé. Anda comigo hoje. Em nome de Jesus. Amém.