Imprimir Imprimir

Precisando e Querendo Água

h-um minuto com deus
“Como o cervo anseia pelas correntes das águas, assim a minha alma anseia por ti, ó Deus! A minha alma tem sede de Deus, do Deus vivo; quando entrarei e verei a face de Deus?” – Salmo 42:1-2.

Você já parou para pensar que muitas vezes você quer aquilo que não precisa e, em contrapartida, o que você precisa raramente você quer?

Pergunte a um jovem de 18 anos se ele quer um carro esportivo zero quilômetro. A resposta é óbvia. Mas será que ele precisa disso? Pergunte ao mesmo jovem se ele deseja estudar 8 horas por dia para o vestibular. Deu para perceber que é muito comum querer o que não é necessário e não querer aquilo de que precisamos.

A melhor situação é quando queremos aquilo de que precisamos. Quando estamos sedentos queremos e precisamos de água. Quando estamos cansados queremos e precisamos de descanso. E quando estamos fracos espiritualmente? Do que precisamos? O que queremos?

O verso de hoje mostra a necessidade e o desejo do salmista com relação a Deus. Ele não apenas precisava de Deus, mas o desejava de todo o coração. Ele compara este desejo ao de um animal sedento buscando água na correnteza. Todos nós necessitamos de Deus em nossa vida, disso não temos dúvida. A questão é a seguinte: Estamos desejando Deus em nossa vida tanto quanto desejamos a água quando temos sede? Andamos durante todo o dia buscando a Deus tão ansiosamente quanto buscamos o sucesso profissional, a aceitação social, a beleza do nosso corpo e o divertimento e entretenimento?

Meu amigo. Se você ainda não se conscientizou da necessidade que você tem de Deus sua situação é semelhante à de uma pessoa desidratada que não sente sede. É uma situação crítica. Buscar a Deus apenas pela manhã é como beber apenas um copo de água por dia. Se não buscarmos a Deus em todos os momentos de nossa vida seremos desidratados espirituais.

Oração: Pai que habita nos céus. Louvado seja o teu nome. Obrigado pelo meu corpo perfeito, corpo que através dos sentidos me informa da necessidade de comida, descanso e água. Obrigado por prover o meu pão de cada dia. Querido Deus. Sei que preciso de ti constantemente, mas confesso que eu o tenho buscado muito pouco. Estou espiritualmente doente, fraco, desidratado. Anda comigo hoje. Satisfaça meu anseio de estar contigo. Restaura em mim a paz e a alegria da salvação. Em nome de Jesus. Amém.