Imprimir Imprimir

Santuários de Deus ou Escravos do Egito

h-um minuto com deus
“Quando Israel saiu do Egito, e a casa de Jacó de um povo bárbaro, Judá ficou sendo o santuário de Deus, e Israel o seu domínio.” – Salmo 114:1 e 2.

Quando os Israelitas, liderados por Moisés, saíram do Egito Deus ordenou que um santuário fosse construído. Junto com a ordem Deus declara o seu objetivo: “E me farão um santuário, para que eu habite no meio deles” (Êxodo 25:8).

Ao estudarmos a respeito do santuário percebemos que na verdade Deus usou símbolos para nos ensinar verdades espirituais mais profundas. Deus desejava habitar no coração do Seu povo, não numa cabana. Deus queria transformar os israelitas em “área santa” (ou santuário). O verso de hoje declara que o povo de Deus passou a ser o santuário de Deus quando saíram do Egito. “Judá ficou sendo o santuário de Deus”, diz o Salmo.

Há duas fases na vida do povo de Deus: A primeira fase é aquela em que o povo habita no Egito como escravos (sendo o Egito um símbolo da opressão causada pelo pecado e idolatria). A segunda fase na vida do cristão é quando este é libertado do Egito e transforma-se num santuário e habitação do Deus vivo. Em que fase você vive atualmente? Em que fase desejaria estar? Deus fará de você um vencedor hoje. Vamos orar para que Deus faça de nós o Seu santuário.

Oração: Querido Deus. Ajuda-me a abandonar o Egito. Ajuda-me a dizer não ao pecado que me incomoda e me afasta de ti. Quero ser um santuário para o Deus que me criou e me salvou. Desejo te hospedar em meu coração e em minha vida ao longo deste dia. Envia o teu Santo Espírito para habitar em mim. Amém.