Imprimir Imprimir

Fé, Gratidão e Salvação

h-um minuto com deus
“Perguntou, pois, Jesus: Não foram limpos os dez? E os nove, onde estão? Não se achou quem voltasse para dar glória a Deus, senão este estrangeiro?” – Lucas 17:17e18.

No devocional de ontem, entitulado “Fé e Cura”, vimos como a fé dos dez leprosos trouxe-lhes a cura. Mesmo percebendo que não estavam curados, decidiram pela fé obedecer a ordem do Mestre e se dirigiram para o sacerdote. No caminho perceberam que estavam curados.

Neste momento apenas um dos dez ex-leprosos, “vendo que fora curado, voltou glorificando a Deus em alta voz” (Lucas 17:15). Os outros nove leprosos continuaram seu caminho. Apenas um voltou para agradecer “e prostrou-se com o rosto em terra aos pés de Jesus, dando-lhe graças” (verso 16)

Os nove leprosos tinham objetivos altamente desejáveis: Queriam ver suas famílias. Queriam o mais rápido possível ouvir dos lábios do sacerdote, voz oficial da igreja, a declaração de que estavam limpos. Queriam oficialmente voltar a fazer parte do povo de Deus. Queriam limpar sua reputação de pecadores. Tudo isso porque eram judeus.

O único ex-leproso que voltou para agradecer não tinha tantas pretensões eclesiásticas. Era um samaritano. Não tinha reputação a ser restaurada. Não tinha comunhão com a igreja oficial para ser reestabelecida. Era um excluído por ser leproso, mas mesmo agora sem sê-lo, continuava excluído por ser samaritano. Ele estava livre de obrigações eclesiásticas. Pôde então dedicar-se ao que era mais importante: Voltou, agradeceu e louvou o Mestre.

Jesus então perguntou: “Não foram limpos os dez? E os nove, onde estão? Não se achou quem voltasse para dar glória a Deus, senão este estrangeiro?”

Aquele samaritano, além de fé, mostrou um espírito de gratidão, e isso trouxe a ele não apenas a cura física, mas a salvação de sua alma. O episódio termina com uma declaração de Jesus que mostra algo além da cura física: “E disse-lhe: Levanta-te, e vai; a tua fé te salvou.” (verso 19)

Vamos hoje manifestar um espírito de gratidão ao nosso Senhor.

Oração: Amado Pai. Louvado seja o seu santo nome. Obrigado pelas bênçãos que nos tem dado. Sou grato não apenas pela saúde física, mas principalmente pela salvação da minha alma. Eu não mereço tudo que tenho recebido de ti, mas me prosto com o rosto em terra aos seus pés, assim como fez aquele ex-leproso, e dou graças a ti pela salvação obtida através do teu Filho. Vive em mim neste dia. É o que peço em nome de Jesus. Amém.